quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Adeus ano velho..

.. feliz ano novo.

Momento básico de reflexão. 2009 foi um ano um tanto conturbado pra mim. Espero planejar melhor meus próximos passos em 2010.

Feliz ano novo a todos.


:)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Atualização

Atualizando o post do dia 26/nov/2009:

Fi-nal-men-te a justiça fez o óbvio: Autorizou o Estadão a publicar as matérias sobre o Fernando Sarney. Mas engraçado.. fui lá no Estadão agora e ele diz que continua sob censura. Não entendi. Que novela.

E pensar que a melhor forma de não ter essa galera de sempre no poder é simplesmente não votando mais neles.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Sábado na Caixa Cultural e CCBB

Fui ontem à Caixa Cultural e vi ótimas exposições (pra variar. Desta vez Brava gente e O sonho e a ruína). Entretanto fiquei surpresa ao ver uma pequena fábrica de brinquedos reciclados do lado de fora. Poxa, nem pra fazerem propaganda? Os próprios funcionários confirmaram que mal fizeram propaganda do espaço. Enfim, né? Além da fábrica (numa tenda climatizada, um barato) há o papai noel para contar histórias e tirar fotos com as crianças. Do lado de fora pula-pula, piscina de bolinhas e cama elástica. Bem simpático o espaço.

No CCBB vi a ótima exposição da Clarice Lispector - A hora da estrela. Realmente dá vontade de ler as obras dela. Vai até 14/03.



Foto: tirada do panfleto produzido pelo CCBB e entregue lá. Não me deixaram tirar foto dessa ótima sala 
(que você puxa algumas gavetas marcadas e vê os documentos históricos da escritora).

Ainda no CCBB vi também o filme Vai que é mole com o Grande Otelo na mostra Saudades de Grande Otelo (com filmes de graça até dia 03/01) e debates (que já foram, dias 10 e 17/12).

Peguei o panfleto mas acabei nem vendo a exposição de bonecos japoneses O mundo mágico dos ningyos.

Mas foi um ótimo e cultural sábado.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Festa de fim de ano do trabalho

Foi ontem e foi bem legal. Buffet muito bom, whisky, espumante, vinho, e não alcoólicos à vontade, música (Elton John cover e outros), todo mundo produzido.. saí 21h30 pra conseguir chegar aqui hoje inteira (afinal, estou ficando resfriada também).


Eis um dos serviços disponibilizados na festa: foto 10x15 instantânea. Aqui algumas das meninas do trabalho.


sábado, 12 de dezembro de 2009

Natal e concerto

Esta sexta-feira ocorreu algo altamente divertido: encontro de natal do meu departamento (do trabalho) lá no Mercado Municipal.

Uma das meninas é empolgada para juntar e divertir os colegas do trabalho. Eis que ela organizou (junto com outras meninas) uma pequena maratona de atividades semanais (para futura doação de itens a uma casa de ajuda também escolhida pelo grupo) que culminou no almoço de natal. Com direito a inimigo oculto e bingo (ok, enfeites/fantasias também). O grupo animado se reuniu no mezanino que pode apreciar todo o benedito calor que fez esta sexta. O que foi aquilo, minha gente!? Enfins, tarde altamente divertida. Tanto que nem tirei fotinha particular pra mostrar aqui.

Depois fui assistir apresentação da Orquestra de Viena na rua. Exato. :) O T-bone, açougue cultural (e não biblioteca, mas enfins), trouxe lá na entrequadra deles (312 norte) a Orquestra pra se apresentar em noite única. Nem achei que daria tanta gente. Chegamos lá, eu e camila, a polícia já tinha até fechado a rua, estacionamos na quadra (como todos) e fomos lá. Mal achamos lugar pra sentar. Foi bem legal. Quarteto de Cordas brazuca antes, muito bom também. Táva tão quente que ali de noite (ficamos até umas 22h) ainda não táva frio. Desta ocasião eu tirei foto.



P.S.: Teve direito ao maestro receber jaleco branco do açougueiro e acabar trocando des vestimentas. (como mostra este vídeo do youtube). Acaba que o moço já táva era regendo, de gracinha. Bem informal. Imagina as histórias pra contar que essa Orquestra não tem, hein?

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Camiseteria

Ganhei uma camiseta de natal. :)

Participei de uma das promoções que sempre ocorrem no site Papo de Homem e fui sorteada: um cupom para comprar uma camiseta no site. Adorei. Infelizmente não havia a estampa que eu queria, mesmo assim lá eles tem um sistema que você marca qual você gostaria e se eles fizerem outro lote da blusa te avisam quando chegar. :)

Sem contar o atendimento: mandei email cheio de dúvidas para o SAC deles. Atendimento impecável. O moço fui ultra gente boa em me explicar as coisas (se o email era ''automático'' disfarçaram bem).


Enfins, a loja que fez a promoção junto ao PdH foi a Camiseteria. Lá tem camisetas muito simpáticas. Recomendo darem uma olhadinha.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Espírito natalino

Ho ho ho

É aquela época do ano em que tudo é vermelho e verde (e coberto com neve, como manda a tradição). Colaboradora Jana comprou lembrancinha de natal e me deu de presente. Com leve atraso, mas se ela não tivesse contado eu nem saberia a diferença: uma arvorezinha montável e vermelha de natal. A-coi-sa-mais-fo-fa! :D




Além da simpática árvore de natal que ganhei há também esta outra árvore feita de cartolina verde em origami. Acabou ficando só verde, pensei em colar bolinhas coloridas mas a ideia logo se foi.

Lá no trabalho há uma colega que todo ano prepara cookies para o bazar de natal. Estavam bons por sinal.

Além das mesas de cada uma (enfeitada igualmente por uma árvore verde, que foi ensinada a ser feita em rápido workshop promovido pela habilidosa Ceiça) a sala também foi enfeitada com alguns motivos natalinos coloridos. Pra ajudar a dar o clima. Ficou tudo bem legal.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Marco Civil da Internet

Por: Jana (sem H)

Salve galera!

É o seguinte: tá rolando uma boa discussão sobre o Marco Civil da Internet no http://culturadigital.br/marcocivil/ .
É uma iniciativa do Ministério da Justiça e se tornará um Projeto de Lei.

Creio que nunca temos uma chance tão boa de discutir e acompanhar a elaboração de leis e tudo isso que nos afeta (ou regula).

Não estou vendo nenhuma manifestação da galera da Biblioteconomia - Arquivologia - Ciência da Informação por lá. Somos os profissionais responsáveis pelo acesso a informação (não é nossa utilidade??) mas não vejo ninguém defendendo o acesso à informação e a sua regulação na Internet.

Bom, todos estamos convidados a nos cadastrar e palpitar lá. Acho que é por aí onde podemos nos interessar pela política (no bom sentido da palavra). Quem sabe essa iniciativa não serve de incentivo para outras do tipo?

sábado, 28 de novembro de 2009

Lambada: a dança proibida

Estou que não me aguento aqui. Vendo SBT (Eu, a patroa e as crianças), durante o comercial vejo a propaganda do filme Lambada: a dança proibida e penso "hm, nunca vi este filme, poderia ver"

No início do filme uma celebração da tribo: capoeira, duas mulheres claramente americanas, índios (alguns vestidos como índios americanos), negros e música baiana. Ou seja, né: a Amazônia/Rain Forrest.

O filme é inocente em diversos momentos (ah, os anos 80), ridículos em muitos outros. Enorme dúvida entre obviamente não assistir ou assistir e ver que absurdos falariam. Como estes:

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Outra do Sarney

Resolvi fazer média com minha leitura de jornais e, além de ver as chamadas do Correio Braziliense de sempre, fui abrir outros jornais também: Zero Hora, O Globo e O Estado de S. Paulo (vulgo Estadão).

Comecei pelo Estadão. Antes mesmo de ver qualquer outra coisa me deparo com a seguinte chamada: Há 118 dias sob censura. Como assim, josé? É lá que abro esta página e descubro mais uma do Sarney. A matéria fala melhor do que eu:

"Justiça censura Estado e proíbe informações sobre Sarney

Gravações em áudio proibidas revelaram ligações do presidente do Senado com os atos secretos da Casa
Felipe Recondo, de O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - O desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), proibiu o jornal O Estado de S. Paulo e o portal Estadão de publicar reportagens que contenham informações da Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica. O recurso judicial, que pôs o jornal sob censura, foi apresentado pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) - que está no centro de uma crise política no Congresso." (link meu na Operação. É que a explicação tá no Wiki heheheh. No Wiki!!).


A princípio pensei: Não, deve ser que esses jornalistas estão sendo pescoçudos mesmo sobre o assunto e a polícia quer manter um pouco mais de sigilo. Aí fui lendo mais e lendo mais..

Isso porque o assunto começou em 31/07. Uma das melhores partes foi quando, em 30/09 o caso vai pra Justiça Federal Cível de primeira instância NO MARANHÃO!!!!!

Enfins, eu fico de cara. Por isso que estamos lá em 50º (ou mais?) lugar no ranking dos países mais corruptos do mundo.

------------------

No Globo.com:

O novo design do Google. O azul tá mais azul. Não gostei. Mas gostei da ideia da barrinha vertical à esquerda auxiliando a busca. Contanto que torne a busca menos trabalhosa (leia-se: volte menos lixo/ruído virtual).

Quis arriscar não. Vai que não consigo voltar o trem. Gosto da cor do Google do jeito que está.

------

Em SP Homem-gato janta peixe cru. Tipo, o cara não faz mais nada da vida. Evolucionismo ou não, tá aqui o cara, polegares opositores, estrutura da fala e conhecimentos complexos, habilidades sociais desenvolvidas.. tudo tudo TUDO pra ele ser feliz.. sendo um gato. Tsc tsc tsc.

-----------------

E no Zero Hora:

Matérias regionais, matérias regionais..

Eu poderia até comentar um bocado de coisa, mas o que vou comentar é:

Achei um site de busca lá no jornal que é regional também. Advinhem o nome?

...

..

.


Hagah

:D


Como eu disse, é regional. Pra região Sul.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Alguns planos para as férias..

Por: Jana sem H

Planejar férias ficou tão complicado depois que comecei a trabalhar.

Antes era só saber o que eu queria fazer (e quando) daí eu me ajeitava com a chefe nos estágios da vida universitária (inclusive pedindo as contas de um estágio que pagava bem). Nada era obrigatório (tipo, férias vencem) e não dependia tanto dos outros (tipo a vontade da empresa).

Agora é o contrário, tenho que marcar as férias sem saber o que vou fazer na época (agendamento prévio com toda a equipe). Já passei um pedaço de férias completamente a toa porque a chefa precisou remarcar e eu não tive tempo (leia-se $$) de programar nada.

sábado, 21 de novembro de 2009

TO PAGAAANO!!

AGORA o Gmail tem espaço pra mim! Antes não tinha, como visto anteriormente aqui e aqui.

Custou-me US$5.00 para diminuir esta dor de cabeça.















Depois de muito quebrar a cabeça e deletar muitos emails (alguém já tentou revisar e deletar 5 anos de emails?) finalmente eu cansei de ver minha caixa alternando de 98% para 99% e os ultimatums malditos do Gmail na minha cara todo santo dia.













Enquanto eu tiver US$5.00 pagáveis pelo meu cartão manterei esta maldita conta só acumulando bytes. Que venham os .ppt e .mov!!

HAHAHHAHAHAHAHHA (sim, malignamente).

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Dívida


Hoje paguei uma dívida de mais de 10 anos de um sorvete de chocolate ao irmão mais velho Jr.









Bom, cobrada sobre isso já não posso ser mais. Não é o mesmo, mas é tão gostoso quanto.

Já era a hora de pagar, né? :P

Foi mal, eu não sabia que o sorvete era seu. Só não cometa o mesmo erro de demorar tanto tempo pra pagar uma dívida com alguém também.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Mastigando 30 vezes

Nem lembro quando começou, mas há muito tempo passei a mastigar mais devagar os alimentos. Deve ter sido após a adolescência (quando meu metabolismo aquietou e passei a comer menos também).

Desde então passei a observar certas regrinhas de alimentação:

- começar pela salada (pois é processada no intestino e não no estômago),

- comer frutas separadamente (pois dá problema enzimático misturar fruta com comida),

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Defensoria Pública no DF

Recebi por e-mail (autor desconhecido) e concordo. Temos que conhecer e fazer valer nossos direitos. E sabendo onde fica o atendimento da Defensoria Pública (no DF) fica mais fácil. O site é www.defensoria.df.gov.br Tem atendimento no Na Hora e várias delegacias nas satélites (que não são mais satélites) para facilitar o acesso.

"O brasileiro não conheçe os seus direitos, sendo de conhecimento público tal fato. Um direito que as pessoas desconhecem é o fato de que a Defensoria Pública é obrigada a ajuizar ações contra o estado para garantir o fornecimento de remédios e cirurgias.
Aqui no Distrito Federal a Defensoria Pública possui um núcleo específico para garantir medicamentos, fraldas, cadeiras de roda, cirurgias e vagas de uti. O endereço da Defensoria Pública é:
SCS, quadra 4, Ed. Zarife, 2º andar
Telefone: 3905-6699

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Help!

Help, I need somebody,
Help, not just anybody,
Help, you know I need someone, help.

When I was younger, so much younger than today,
I never needed anybody's help in any way.
But now these days are gone, I'm not so self assured,
Now I find I've changed my mind and opened up the doors.

Pixaim

Meu cabelo duro é assim, cabelo duro, de pixaim
Nega não precisa nem falar
nega não precisa nem dizer
Que meu cabelo duro se parece é com você
(bis)

Quem me ligou, não disse alô
Tou no chuveiro, tou com calor
Tou resolvendo, pra onde eu vou
O segurança toca o agogô
Eu tou ligado ligado no meu cabelo duro,
que é de pixaim
É de pixaim, é de pixaim

(Refrão)

sábado, 24 de outubro de 2009

No balancê balancê

Acabei de voltar duma ÓTEMA noite na rua.

Passei a semana inteira com vontade de sair, querendo dançar, chacoalhar o esqueleto, beber, cair, levantar.

Calhou de hoje eu ficar com somente uma companhia pra almoçar: Clara a bessa. Ninguém mais, ninguém menos. Nem planejando daria tão certo. Todo mundo com quem almoço no trabalho não iria e se não fosse a Clara eu táva solamente só. Enfins, estávamos lá e mencionei que eu queria muito sair hoje. Ficou a dica. Ela me chamou pra um evento de leitura de poesias (!?) e apresentação musical. Nhé, passo.

Continuei até 18h no trab. Depois de rápida passada no Habib's fui encontrar com a Chan na Caixa Cultural (CEF) para uma apresentação de música. Ok, fomos é botar o papo em dia.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Brasileiro e o voluntariado

Ou "O brasileiro é assim - Parte 2"

Pra não falar que e eu não falei das flores vou falar de uma coisa que adoro: o brasileiro (vou ficar devendo a fonte) é um dos mais generosos do mundo.

Novamente cito a Veja, onde vi a matéria publicada. Repasso aqui o início:

" Home » Revistas » Edição 2135 / 21 de outubro de 2009 Guia

Como se tornar voluntário

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

O brasileiro é assim

Eu queria escrever um texto sobre honestidade X corrupção, mas acabei de receber um e-mail que fala melhor do que eu. E eu adorei. Detesto me sentir idiota perto dos "espertos". O e-mail veio encaminhado e sem a autoria. Se alguém souber, diga aí.


O BRASILEIRO É ASSIM:


- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
- Estaciona nas calçadas, até mesmo debaixo das próprias placas de proibição.
- Suborna, ou tenta subornar, quando é pego cometendo infração.
- Troca voto por qualquer coisa: cesta básica, areia, cimento, tijolo, dentadura.
- Fala ao celular enquanto dirige.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Saldo

Levemente positivo.

Não fui pro bar que planejava. A amiga fez o favor de cancelar de última hora. Tipo 15 min pras 18h.

Dei sorte de achar outra companhia pra sentar num bar e beber um qualquer coisa (leia-se cachaça) e comer uma carninha pestisqueira.

Preciso

beber. E rápido. Esta semana se arrastou mais devagar do que eu gostaria.

Foda é não poder contar com as companhias que eu gostaria pra beber.

Já sei até o que vou querer beber. E onde. Me aguardem.

Qualquer dia falo aqui da minha atual bebida preferida.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Cuba e o mito

Difícil discutir com quem é à favor da revolução cubana e seus 'benefícios'. Difícil querer sair com uma camiseta e o rosto clássico do Che (Guevara, links diferentes) e um sinal de negação (bola e risco diagonal vermelho em volta).

Já ouvi inúmeras pessoas (inclusive uma médica do Hospital de Base e um engenheiro, ambos brazucas mas que viveram algum tempo em Cuba) dizerem como viver lá é diferente de estar de fora e achar que está tudo bem (e ainda torcer pra que continue assim). Que bom que nem todos tem a mesma opinião (ou também chamada de democracia, onde as vozes podem ser ouvidas). Claro, com uma censurinha aqui, outra ali.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Fotos do Findi divertido

Ei-las. :)





Não, não foi regado a alcohol 100% do tempo o nosso encontro. Não bebíamos enquanto dormíamos, por exemplo. Brincadeira, mas é que a gente só lembrava de tirar foto quando parávamos dois 2 segundos.

Sim, foram muitas horas no salão para produzir o efeito crazy hair. Né fácil não.

Sim, os noivinhos eram estilizados e estavam a cópia exata (tirando o ball head) dos noivos. Uma graça.

Passou muito rápido. :(

Quero mais findis divertidos. :)

Gmail não me dá espaço, não me deixa respiraaar!

Tá demais, tou até orgulhosa de ter juntado tanto lix.. tanta coisa no meu email. 5 anos de ppt, jpg e mov não é fácil.




Pior é ter de revisar que tipo de emails já perderam a importância ou quais merecem ser guardados.




Está escrito: Ou vai ou racha. Gmail dando ultimatum tá demais.. tá bom, tá bom.. te dou atenção agora. Só não me deixe sem mandar e receber emails.

Findi produtivo

Findi último agora foi ótemo! Tive visita pseudointernacional hihihihi

Minha amiga Jaana (xará da colaboradora aqui), de BH, está morando agora em Santiago (Chile) e veio para um casório. Podia ficar lá em casa? Claaaaaaaaaaro.

Eis que ela chegou na sexta-feira. Passamos no Pátio Brasil pra resolver um problema lá. Aproveitei pra ver o bendito superfaturado VLT, bondinho moderno, exposto na frente do shopping (bem parecido com alguns vagões de trem/metrô de Berlim).

terça-feira, 22 de setembro de 2009

O orkut e o aniversário

Aeeeeeeeeeeeeeeeee é hoje sim. Exatamente. Dia sem carro. Dia da juventude. Meu dia. :) E de mais umas pessoas aí sem tanta importância, como o Ronaldo Fofucho.

Essa vida na casa dos 20 é muito difícil, agora que estou fazendo 23 anos vejo que não sou mais aquela garotinha esperando o ônibus da escola sozinha.

Mantendo a mais nova tradição estou doente (garganta inflamada) pelo segundo ano consecutivo. A.s.s.i.m n.ã.o d.á!!

sábado, 19 de setembro de 2009

Resultado do Chope

Pois então, eu fui de caipirinhas, mas é o de menos. O caso é que foi bem legal. Divertido como eu imaginei que seria.



Adorei conhecer a Roberta e outras leitoras daqui também.





Sim, é necessário muita técnica para produzir uma fotchenha assim.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Chope dos leitores de HTP e OMEE hoje em Bsb

Vamos embora pro baaaaaaaaaaaaaar beber, cair e levantar!!

Presença meteórica de Roberta Carvalho em Brasília resulta em alegria líquida para os os leitores de O mundo é estranho e Homem é tudo palhaço.

Empresárias circenses e palhacinhos estão devidamente convidados.

Tudo indica que será no Beirute da 109 Sul, às 19h (ou 19h30).

Roberta já disse que chega antes.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Calor do cão

Que que esso!!

Donde está vindo este calor todo! É muita secura! Nem parece que choveu por uma semana há pouco tempo.

Materiazinha que reforça o que estou falando:

Brasília pode registrar novo recorde de calor
Enviado por: Joselia em 13:55 às 16/09/2009

O sol está forte na capital federal e a temperatura está em torno de 31ºC. O calor da tarde de hoje pode ser recorde. O aeroporto de Brasília já registrou esta temperatura algumas vezes este ano. Mas no local de medição do Instituto Nacional de Meteorologia, que é a referência oficial, a maior temperatura deste ano, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, foi de 31ºC, nos dias 5 e 6 de março.


Tá brabo!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Emergência 911

Data conveniente pro ataque, né? Deixa pra lá..

E então a data passou. Como passaram muitas. Homens e suas guerras. Pra que diplomacia e flexibilidade? Não, peguemos em armas..

Entendo, entendo mesmo que os norte-americanos façam muito escarcéu sobre o assunto. Se eles não fizerem quem o fará? Mesmo caso dos judeus, mas já é outra história.

Sem contar que "a solução" proposta por Bush (pra salvar a economia local) ajudou a aumentar ainda mais a dívida dos EUA.

As coisas tem a importância que damos a ela, como aniversários, missas de 7º dia católicos, 1º dia na escola e por aí vai. Os outros dias são dias como os outros, sempre iguais. O que mudam são os eventos. E o que é importante pra mim é importante pra você? É se eu te convencer disso.

E os dias continuam independente da gente se dar conta ou não.

Todos os caminhos levam às Índias

Novela que é novela da Globo, hoje em dia, termina com os bonzinhos felizes e os mauzinhos infelizes.

(Quer dizer, se a Letícia Sabatela se safar dessa vai ser demais, hein!)

Enfim, há certos atos e consequências que no mundo real ocorrem sem escalas, mas que nessas novelas parecem ocorrer por mágica, ou fora da lógica, ou com um excesso de inocência só visto geralmente em contos de fadas (isso porque originalmente os mesmos contos de fadas também não eram só flores, a exemplo de uma irmã da Cinderela que teria cortado os dedos para fazer caber o sapatinho de cristal e outras coisas bem mais pesadas).

Doenças psicossomáticas

Pensei em passar este e-mail que recebi para algumas pessoas, mas acabou que decidi postar aqui. MUI interessante.

DOENÇAS
CAUSAS
Amigdalite (garganta inflamada)Emoções reprimidas, criatividade sufocada, sapos engolidos
AnorexiaÓdio ao extremo de si mesmo, culpa por não ser perfeito
ApendiciteMedo da vida, bloqueio do fluxo do que é bom.
ArterioscleroseResistência, recusa de ver o bem
ArtriteCritica mantida por longo tempo
AsmaSentimento contido, choro reprimido

Blog do César

É sucinto mas já gostei da proposta.

AQUI.

Faz parte dos blogs escritos d'além túmulo dos Blogs do Além.

Um achado.

Preciso visitar os outros pra ver se mantém a boa qualidade pos mortem.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O fim das Índias

Olha que nem vejo esta novela. Desde A Favorita (na virada do ano) que eu não parava mais na frente da tv pra ficar vendo novela.



Na verdade meu método é o seguinte: vejo o início da novela (querendo ou não, pois a lavagem cerebral para acompanharmos o início da história é tão grande que nos cerca e todos só falam nisso), aí vou acompanhando pelos comerciais (Fulana irá encontrar o cara, fulana encontrou o cara, fulana depois de ter encontrado o cara fez X coisa..) e pelas revistas de fofoca nas bancas, supermercados, noutros programas da Globo (por qualquer motivo que desconheço também voltei a assistir Fantástico, vai entender..) E pessoas comentando. Com o plus a mais de que quando a novela é temática (ah, meus sais..) ainda há a incorporação total dos costumes, roupas, comidas E SIM os termos e jargões, tudo de um jeito que se acha que fazem por lá.

Alguém falou em BRIC??

Já foi China, agora Índia.. a próxima novela (talvez depois desta) provavelmente será com a temática da Rússia. Aí de repente o país (e a cultura) parece TÃO próximo e familiar (ainda mais com as pontes aéreas que costumam ocorrer nas novelas) como se sempre estivesse ali.

Opa, acabou o comercial.

Garfield

Entrando na roda (com ajuda da Jana): Garfield. :)



quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Tô Pra Matar

http://desciclo.pedia.ws/wiki/TPM

Isso define bem a situação atual.

------
Resumo da história das gatas é o seguinte: saciei um bocado minha saudade de ter gatos, hihihihi, menos nas horas que as infilizes não me deixavam dormir.

Esssssssstoooooooooooooooou de volta pro meu aconcheeeeeeeeeeeeeego. Ô alegria ter voltado pra minha caminha e sono tranquilos.
-----


Já se sucedeu de ter passado um mês já que estou bicando aqui no bico trabalho, e sucedeu-se mais ainda de eu ter recebido meu rico dinheirinho! Hihihihihi

Então a partir de hoje é balada todo dia, todos que eu estiver devendo podem me cobrar, roupas novas, casa nova, vida nova, cruzeiros novos, uhuuuuuuuuu!!!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Gatas caught on vídeo

Hihihihihihihihihihihihihihihihihihihi

Siiiiiiiiiiiiiiiiim, o bendito do Youtube lê .3gp do celulinha e eu não sabia.

Vejam aqui (no Youtube) o vídeo que acabei de fazer das gatas e correntinha divertida. OU aqui mesmo.



Hihihihihhohohoh vídeos vídeos muitos vídeos. :D


P.S.: Pra quem acha o título estranho misturando dois idiomas é porque não me viu na época do alemão. Algumas palavras/frases/expressões simplesmente funcionam melhor no idioma original (já diria inclusive meu chegado Shoppenhauer).

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Home alone (with cats)

Alguém tinha de fazer o trabalho sujo


Cuidar da casa e alisar as gatinhas


e havia apenas uma mulher para o trabalho..


Heu! :D


-----------


Vocês já sabem o esquema, né? Tragam bebida, comida e música!!!


UHUUUUUUUU!!!!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Janta

Chegando de noite.. fome apertando.. vou fazer exercícios? Não, meu AMIGO minguou com meus planos. :( Maldito.

Vou comer então. Que vontade de comer doce. Algo doce. Algo com chocolate. Bem calórico.

De repente.. frutas. Frutas? É, frutas, por que não? Vá lá então. Até que acho um bocado: laranja, morango, banana.. vide fotos. :)





Think Geek site







Ótimo site de compras no mundo nerd.

Adorei a descoberta. Pena que meu cartão de crédito está bloqueado no momento.

Porque eu faria um e.s.t.r.a.g.o!

http://www.thinkgeek.com/

Hmm, alguém falou em Ice Shot Glasses?

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Longe dos olhos mas dentro do coração

Hoje, surgida das entranhas do meu passado querido e remoto, eis que me aparece um e-mail de uma amiga minha!!

Coisa mais difícil é a gente se ver, e sou terrível de manter contato, mas quem é amigo amigo amiiiiiiiiiiigo amigo mesmo eu guardo lá dentro do peito e de lá não sai mais. Ok, sai, mas só se fizer esforço muito grande.

Não é o caso.

Eu lembro desta amiga, fico feliz. Vejo fotos antigas, fico feliz. Lembro do tempo de convivência, fico feliz. Aí eis que ela aparece no meu e-mail ainda por cima dizendo que vai passar pela cidade em breve. :D

Liririririii

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Ser feliz ou ter razão?

Textin básico/reflexivo para o dia-a-dia (que encontrei aqui)



Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem.

Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Sobre a Jana (sem H)

Bom... post básico só pra avisar que não desapareci do mapa!

Houve um monte de pequenas coisas que me tiraram o foco da Web e dessa vez eu nem tô sentindo muita falta (por falar nisso, hoje é dia de colocar crédito no cel).

Além da mudança de ritmo e foco no trampo (tô aprendendo um trabalho novo, que tá consumindo meus neurônios) estou procurando uma atividade física legal pra entrar em forma (leia-se emagrecer e ter condicionamento físico) e tem uma pessoa nova no meu radar que tem se encarregado de trazer um tiquim de paz pros meus pensamentos.

Bom, quanto a atividade física, fiz uma 'aula' experimental de circo aéreo, mas a professora não tem didática nenhuma (tipo: 'sobe lá e mete as caras'). Gostei muito da atividade, mas quero aprender em um lugar que realmente me ensine (antes de me quebrar tentando sozinha).

Quanto aos planos: Quem quer mochilar pela América do Sul ano que vem? (só uns 20 dias no máximo)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Gmail tem MUITO espaço

E teoricamente você nunca mais precisaria deletar um e-mail na vida.


Ou precisaria??


No meu caso aparentemente sim.




Rá!


Oras.. e quem tem um e-mail com espaço que cresce literalmente a olhos vistos (ou pelo menos até outro dia ele contava às quantas andava o tamanho crescente do meu espaço, e estava pra lá de 7Gb e eu ocupando uns 5.5) precisaria se preocupar com tal detalhe???

Agora vou ter de rever arquivos de fotos e vídeos que pensei que nunca precisaria mover pra lugar algum. :( E olha que tenho este maledeto e-mail desde o início de 2005. Eu que não pago os US$20/ano pra ter 10Gb. Hunf!

MST e o trânsito de Brasília

Ok, a culpa não é só do MST, mas há certas coisas que poderiam ser feitas de jeitos melhores.

Manifestações é uma delas. Pessoas tem o direito de se manifestar? Tem. Tem o direito de atrapalhar a vida dos outros de forma aleatória e irresponsável? Não.

Como no caso das benditas greves de ônibus. São serviços públicos a serem prestados para a população. A empresa pega esta tarefa pra si porque se compromete a prestar o serviço. A população não tem que pagar o pato caso funcionários e empregadores não estejam se entendendo. Exemplo: motoristas de ônibus de empresa de Águas Lindas fazem greve e a população que precisa vir pra Brasília e depende do transporte fica a ver navios!!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Estou

cansada.

Mentalmente.

Exausta.

Quando estou esquecendo disso algo novo me ocorre e me cansa novamente.

É foda isso.

:(

P.S.: Sou brazuca, não desisto nunca. Não é isso. Mas que estou, estou. Só isso.

domingo, 9 de agosto de 2009

Festa Medieval

Fui ontem a uma festa medieval. Altamente divertido e bem organizado.

Vestida a caráter, claro.














Pose tentando fazer cara de boa moça pura e
santa nos tempos medievais


Ou, pelo menos, tentei.

Feliz Dia dos Pais

Postzinho de fim de dia mas tudo bem.

É que acabei de receber este vídeo e fiquei impressionada. Principalmente porque o título é 'O que é aquilo?' e eu demorei um cadinho pra sacar do que se tratava.

Com vocês:



P.S.: Quem souber a procedência do vídeo eu acrescento aqui.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Pensamentos em ebulição

Estou com tanta coisa na cabeça, tantos retalhos de pensamentos.. queria colocá-los pra fora, mas se eu não refletir, discutí-los com alguém ninguém entenderia nada se eu dissesse.

Quero dizer, entenderiam menos que o normal.

Quem me conhece sabe o que quero dizer.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Pessoas lúcidas

Advogados, médicos e enfermeiros, policiais, bombeiros, agentes carcerários, padres.

O que este povo todo tem em comum?

Estava eu hoje lá na aula do cursinho e parei pra pensar no tanto de advogados à minha volta e nalguns causos que eu ouvi contarem nos intervalos das aulas. São pessoas que lidam com problemas reais das outras, pessoas que escutam os causos mais impressionantes (e por que não? interessantes também) e também lidam com o pior momento da vida das pessoas: o momento do conflito. Aquele momento para o qual nunca fomos preparados na escola e o qual sempre enfrentaremos na vida.

Lembrei de outras profissões que lidam com o pior momento da vida das pessoas. Estes seriam os já citados, mas repito alguns: além dos advogados há os médicos, enfermeiros, policiais. Tantos outros que também não lembro agora.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Trote: você ainda vai passar por um

Desta eu não tinha participado ainda.

Estou aqui, cuidando de mi vida, quando minha mãe atende lá na sala o telefone e começa a soar nervosa/assustada.

Paro o que estou fazendo e vou lá acodir. Ela está nervosa dizendo "Você tá onde? Tá na rua? Você tá onde??" Lá saio eu à rua pensando quem estaria no maior perrengue perto de casa.

Mãe passa o telefone e diz "Tem um cara aqui dizendo que sua irmã foi sequestrada".

Frequente!

Alguma coisa acontece no meu coração..

Eu tou que não me aguento hoje. Um amigo sugeriu TPM, mas por definição do termo não teria como, eis que ele solta la pérola: "ah, tem mulher que parece que tem tpm o tempo todo". Tou começando a considerar a hipótese.

Não é o tempo todo, mas anda ocorrendo com certa f.r.e.q.u.ê.n.c.i.a (como diz menina Marrie) ultimamente. A parada vem em ondas, mas vem numas ondas.. que tá demais a bagaça!!! Será que tem como monitorar os hormônios por um dia ou mais assim como se monitora o coração (passando o dia com eletrodos pra medir o bichinho)?

terça-feira, 28 de julho de 2009

Brincadeira de finanças (como é bom, como é bom)

Recentemente tive a oportunidade de passar, mais uma vez, o pouquinho que aprendi até hoje sobre finanças pra alguém. Desta vez a vítima inocente foi a amiga Clara (ela ainda não sabe, mas é futura colaboradora no blog também).

Antes que eu começasse a mostrar pra ela como aprendi a dividir as finanças (o que entra e o que sai em cada mês) eu falei para ela algumas máximas, que eu considero, sobre o assunto.

domingo, 26 de julho de 2009

Esqueletos (e livros) no armário

Tudo o que fazemos ecoa, reflete-se a nossa volta. Nossa realidade molda-se na forma como levamos a vida.

Meu quarto, por exemplo. Observo pelas quantas anda minha mente pelo meu quarto. Estilisticamente está ótimo, cada móvel em seu lugar, dividindo o espaço harmoniosamente. Nota-se que houve um planejamento de ajeitar cada coisa no seu lugar.

A cama mantém-se desarrumada por pouco tempo. Logo faço ela (ainda mais porque fico com mais espaço pra espalhar as coisas durante o dia).

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Bater as botas, pendurar as chuteiras? Não desta vez

Digo isso porque foi anestesia geral. E chamem-me de ignorante a respeito, mas anestegia geral que é anestegia geral pode dar galho por N motivos. Ainda bem que não deu. :) Pois então. Pequena intervençãozinha efetuada, seguindo-se a consulta e marcação de data/hora feita nesse post alguns dias atrás.

Hospital Dr. Jucelino Kubitscheck. Sabia nem que o tal existia direito e sim, ele lembra muito um hotel.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Péssima juíza

Tenho algumas certezas na vida. Esta é uma: se há algo que eu não seria, ou não faria, bem é ser juíza.

Sabe aquela história de não ver o lado da outra pessoa? Eu vejo. E quando estou no meio, me ferro. Eu vejo o lado da outra pessoa, porém ela (quase) nunca vê o meu. Termina sendo eu a compreensiva (e me sentindo uma otária por não sair 'por cima').

Por isso mesmo passei a ser conscientemente má. Como isso é possível?! Mas é. Sou obrigada a tomar partido em meu favor porque senão, quem toma, né?

Mafalda e o conto de fadas

sábado, 18 de julho de 2009

Roubaram o som do meu carro

É isso mesmo. Estava eu no cursinho (Fortium da 909 sul) hoje o dia inteiro e quando fui embora (quase 19h) vi que o alarme do carro não funcionava. Olhei pra dentro: fios do som pra fora. Pronto. Mas e aí? Sem vidros quebrados ou nem nada? Aí que fui ver o fio da bateria puxado pra fora. Droga.

Primeiro passo: mão na cabeça e desespero.

Segundo passo: buscar ajuda externa. 'Alô, amigo? X problema' 'Xi, que saco hein. Tem seguro?' 'Não'.

Isso minha bateria acabando, pedi ajuda na portaria dum prédio ao lado. Porteiro diz: 'Outro dia fizeram a mesma coisa com o carro doutra menina'. Tá.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Esperas nossa de cada dia

Esperas!!!!!

Hoje tive de esperar e quase não acreditei. Fui a uma consulta médica 12h. Sim, isso é hora de marcar? Mas é porque o bendito médico sairá de férias e só teria este horário. Então vamos, né? Chego com 5 minutos de atraso (avisados, olha como sou legal, no caminho 'tou chegando, guenta aí. É que nunca fui aí' 'Tudo bem, tem uma paciente antes de você para atender ainda'). E tomo um senhor chá de cadeira de quase 1h 'Ele até que não está tão atrasado assim hoje'. Aaaaah, mas este médico tem de merecer muito. É só porque é importante (e não posso ficar adiando demais). Enfins, descubro a máquina 0800 de café/capuccino/diabaquatro só nos 47 do segundo tempo quando vou lá chiar pela 3a vez ('mas né possível, hein!?' 'sim, moça eu sei, mas é que ele é muito requisitado bla bla bla whiskas sachê bla bla bla e ele muitas vezes nem almoça etc etc'). Hmm, tá. Mas mesmo assim não é motivo para transferir o ônus para os outros. Oras!

Os bares da vida

Estou felizinha porque ontem relaxei indo ao bar com meus mais novos amigos de cursinho.





Estava FRIO, mas estava ótimo.

---

P.S.: As pessoas não estão captando que esta aí abaixo é a Jana, relapsa colaboradora, que viajou e pegou na cobra.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Minha vida é andar por esse país....

...pra ver se um dia encontro o que não perdi!

Essa é a variação da famosa música que ficou na minha cabeça. Esse congresso foi ótimo pra relaxar e acabar um pouco com o tal do stress.

O XXIII CBBD foi realizado em Bonito - Mato Grosso do Sul. A comissão organizadora já sabia que ia ser muito díficil fazer a nação bibliotecária sentar quietinha no auditório então as palestras começavam a partir das 13h. Por essa sacada genial deles, consegui assistir duas palestras (recorde desde o ENEBD de Recife, que não fui em nenhuma) e passear muito, fazendo tudo o que meu orçamento me permitiu. Fiquei com peso na consciência de não ficar muito tempo no Centro de Convenções, mas realmente não estava interessada nos assuntos das palestras (acabei dormindo nas duas que fui) e é impossível competir com todos os atrativos de Bonito.

E tudo mudou...

Texto simpático do Luís Fernando Veríssimo que vi neste site:

E tudo mudou...

O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss

O rímel virou máscara incolor
A Lycra virou stretch
Anabela virou plataforma
O corpete virou porta-seios
Que virou sutiã
Que virou lib
Que virou silicone

A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento
A escova virou chapinha
"Problemas de moça" viraram TPM
Confete virou MM

A crise de nervos virou estresse
A chita virou viscose.
A purpurina virou gliter
A brilhantina virou mousse

Os halteres viraram bomba
A ergométrica virou spinning
A tanga virou fio dental
E o fio dental virou anti-séptico bucal

Ninguém mais vê...

Ping-Pong virou Babaloo
O a-la-carte virou self-service

A tristeza, depressão
O espaguete virou Miojo pronto
A paquera virou pegação
A gafieira virou dança de salão

O que era praça virou shopping
A areia virou ringue
A caneta virou teclado
O long play virou CD

A fita de vídeo é DVD
O CD já é MP3
É um filho onde éramos seis
O álbum de fotos agora é mostrado por email

O namoro agora é virtual
A cantada virou torpedo
E do "não" não se tem medo
O break virou street

O samba, pagode
O carnaval de rua virou Sapucaí
O folclore brasileiro, halloween
O piano agora é teclado, também

O forró de sanfona ficou eletrônico
Fortificante não é mais Biotônico
Bicicleta virou Bis
Polícia e ladrão virou counter strike

Folhetins são novelas de TV
Fauna e flora a desaparecer
Lobato virou Paulo Coelho
Caetano virou um chato

Chico sumiu da FM e TV
Baby se converteu
RPM desapareceu
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou fênix
Raul e Renato,
Cássia e Cazuza,
Lennon e Elvis,
Todos anjos
Agora só tocam lira...

A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida
A violência está coisa maldita!

A maconha é calmante
O professor é agora o facilitador
As lições já não importam mais
A guerra superou a paz
E a sociedade ficou incapaz...

... De tudo.

Inclusive de notar essas diferenças

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Inter-vir - Ótima exposição



Terça-feira agora, dia 30/06, fui a uma exposição de fotos da Monique Renne.

Da viagem que ela fez para a Europa recentemente foram escolhidas algumas fotografias tiradas em preto e branco de diversas capitais européias para receber intervenção gráfica de Luda Lima, Gabriel Luan, Virgílio Neto e Revista Samba (Gabriel Góes, Gabriel Mesquita e Lucas Gehre).

Ficou MUITO legal: Muita gente, comes e bebes, muitas fotos, risos, livro de visitas, bem aconchegante, animado e o trabalho muito criativo.

Claro que estava em posse de meu celulinha com a mega definição de 3.2 (bem melhor que o antigo, da foto do Uno batido, que era de 0.3). Bom, mesmo assim as fotos saíram mais escuras do que deveriam.



Foto 1: Monique e dois dos colaboradores no trabalho (pelo que pude entender).



Foto 2: Nós sem sabermos pra qual câmera olhar. ^^



SERVIÇO:

O QUE: Exposição Inter-vir - Além das portas do Velho Mundo

QUANDO: de 30/06 a 29/07. De segunda a sexta (10h às 19h) e sábados (10h às 14h)

ONDE: Galeria Objeto Encontrado - 102 Norte bl. B lj. 56 - Asa Norte - Brasília.

QUEM: Monique Renne (fotos) e Luda Lima, Gabriel Luan, Virgílio Neto e Revista Samba (Gabriel Góes, Gabriel Mesquita e Lucas Gehre).

A exposição foi também mencionada no Programe-se (CW), no Eu, estudante (CW), no Entretenimento (JB) e Flickr (as melhores fotos que encontrei do evento) entre outros.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Cracked








Um amigo (vulgo Tarsa) me mostrou um dia um blog norte-americano (hífen? não hífen?) muito engraçado. Faltou eu comentar a respeito.

Ele contém algo frequente no Lista 10 que são as listas. Lista de tudo, e em uma perspectiva muito engraçada. Por exemplo há este artigo dos 6 itens que você toca diariamente porém não sabia que são mais sujos que um banheiro, ou as 10 histórias de divórcio estranhas o suficiente para não terem sido inventadas.

Quando recebi o link passei um bom tempo lendo os links, porque de uma lista você passa para outra (que estão ao fim ou ao lado dos artigos) e vai lendo. Alguns comentários abaixo até se salvam também. O site é bem feito, a pesquisa não gostei muito (ou será que é porque minha internet está levemente lenta agora e isso é irritante?).

As piadinhas são ótimas, o humor é muito bom, os artigos bem escritos. Recomendo o site. Este por sinal.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Même

Da Neda, mãe do Guilherme e esposa do João, recebi este même. Ao que tudo indica significa 'mesmo' em francês. Ou, neste caso, a mesma ideia circulando por vários blogs.

Como explicou a Neda: O Même consiste em dizer cinco coisas que eu não sou, gostaria de ser, mas arrisco. Então vamos lá.

1. Cozinheira: Quem conhece minha mãe não entende como é que ainda não cozinho como ela. Heheheheh. É um problema mesmo. Eu tento, mas ainda não como deveria. Minhas explorações na cozinha são muito tímidas ainda. Mas o potencial está lá, latente.

2. Agente secreta: Há algo com os golpes, a sagacidade, os apetrechos que muito me agrada. Não sou, infelizmente. Tento, entretanto, sempre me manter uma Ás no volante dirigindo (como dá) no trânsito cheio de pessoas no caminho. O problema aí está em conviver com pessoas que não gostam de dirigir e preferiam estar fazendo qualquer outra coisa. No quesito gadgets eu tenho alguns que muito me orgulho, como meu canivete suíço. A musiquinha do 007 toca na minha cabeça quando eu uso para salvar a vida de alguém. Com o saca-rolhas, por exemplo.

3. Nerd: Deve ser meus óculos. Já tentei me livrar deles, eles continuam a me perseguir. Pessoas pensam erroneamente (hahahah ó o vocábulo nerds em ação) que sou nerd por conta da introspecção, vocabulário, óculos. Só pode. Gostava de ler Vaga-lumes, aventuras dos Karas (como a Jana), coisas do tipo. Acabava que eu tinha um vocabulário mais extenso, e como falo pelos cotovelos acabavam saindo certas palavras que minhas amigas diziam 'hein?'. Enfim, estudo-estudo nunca foi o meu forte. Hoje em dia até tento tirar o atrasado para seguir com a vida, e com isso o estigma me persegue. É um tal de acharem que sou nerds..

4. Amigável: Este é um tanto sem sentido. Mas explico. Começo diálogos facilmente com as pessoas. Porém tenho enorme problema de manter minhas amizades. Algo como entrar em contato, dizer que ainda estou viva. Não é que não goste das pessoas, adoro pessoas e não vivo sem elas. Mas manter o contato é uma das coisas mais difíceis pra mim. Porque é o tal negócio de "só eu que te procuro, você nem liga pra mim". E joga a culpa pra cá, pra lá. heheheh Enfins, tento corrigir isso e sumir menos. Mas parece que os que eu mais gosto eu falo menos.

5. Organizada: Esta é engraçada. Eu como virginiana tenho certa neura com isso. E bibliotecária ainda, vixi! Mas mesmo assim possuo o que todos os mortais possuem que é a bagunça organizada. Aquela que você sabe exatamente onde está tudo. Ainda mais eu que tenho memória fotográfica. Tenho fases de arrumação: um belo dia pego tudo que está desorganizado e organizo (ou reorganizo em novas pilhas).


Repasso então para as devidas pessoas:

Chan, do Des(a)venturas pelos quatro cantos
Jorgea e Marrie, do Eu abraçava tu e o holandês
Leandro, do Cretino Lover
Roberta, do O mundo é estranho
Kali, do Blog Kálido

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Bolo, refri e brigadeiro



Teatro Mágico e Legião Urbana

Por Jana

Andam comparando por aí o Teatro Mágico e a Legião Urbana, principalmente pela comoção do público nos shows do TM. Se diz que os fãs do TM são tão seguidores quanto os fãs da Legião eram.

Sou muito suspeita pra falar, afinal de contas sempre amei Legião mas nunca pude ir à um show deles. Tinha uns 11 ou 12 anos quando Renato Russo morreu e só conhecia as músicas mais famosas (lembremos que a Internet ainda engatinhava naquela época, o melhor modem era de 56 Kbps).

O que mais gosto no TM é o espaço de reinvenção da música, da experiência musical em si, de misturar dança, estilos, instrumentos, poesias, público e compartilhar essa experiência com seu público (quem já foi à um show sabe que eles fazem música com o público).

A Legião que conheci tinha menos foco na poesia e mais no questionamento, na ânsia de entender o mundo, de falar o que a gente sente mas nem sabia que sentia (ou era porque eu tava na adolescência?)

No fundo todos somos meio punks (ou gostaríamos de ser, mas falta coragem), no sentido de questionar, reinventar, se encontrar. Adoro o jeito punk/anárquico/livre de ser do TM, e credito parte disso ao legado da Legião Urbana.

Concluo que TM e Legião são muito diferentes, mas acho que o Fernando Anitelli e Renato Russo seriam 'irmãos' de música se a Legião ainda existisse. Um show conjunto seria maravilhoso... hehe

Ps: vale navegar no Youtube para ambas as bandas... E as músicas do TM estão todas disponíveis para download sem frescura (lá no site deles tem as instruções).

sábado, 20 de junho de 2009

Novas funções no blog

Finalmente coloquei algo que gostaria há muito tempo neste blog: pesquisa.

Agora meus fiéis e numerosos leitores, fãs, seguidores, adoradores, críticos contumazes e afins poderão pesquisar no blog, nos links que postei e nos blogs que recomendo (ao lado) tooooodo o extenso material já disponível neste humilde espaço sem ter de entrar mês a mês para encontrar entre as postagens. Praticamente uma mãe para vocês.

Eu testei agora e adorei. O campo de pesquisa é simples, mas depois de pesquisada a palavra é que os resultados aparecem acima do último post e lá é possível verificar os resultados só na aba 'Link Daqui' e 'Visite também'. Para fechar é só apertar o X no cantinho direito. Pedaço de bolo!

--

Aproveitei e coloquei logo também o Seguidores do blog. Assim fica mais fácil para seguir o blog pelo painel do Blogger ou pelo Google Reader.

Por enquanto eles recebem mais visibilidade no topo, depois vejo o melhor lugar para os bichinhos.

--

Por último subiu também o Feed. Por que não, né?

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Um sonho de casa

Por Jana

Tem um assunto que anda recorrente na minha cabeça - minha casa dos sonhos.

Mas é engraçado imaginar como será minha casa (quando for uma casa minha by myself), tudo o que quero é parecido com meu quarto atual - assim que eu terminar de arrumar ele, reforçar a estante, colocar o cabideiro, etc..., mas ao mesmo tempo é tão diferente da minha casa e todas que já morei ou tive intenção de morar.

Além do espaço quase personalizado, o que eu sempre quero numa casa dos meus sonhos é vê-la cheia. Tá aí, não consigo ver uma casa e imaginar que moram poucas pessoas nela. Pra mim casa boa é casa cheia, mas cada um com seu cada qual (privacidade e paz são tudo de bom).

Os outros elementos que minha casa precisa ter são: espaço (pessoas pequenas são espaçosas!), janelas grandes, jardim (nem que seja de inverno), uma banheira de porcelana, uma cozinha gourmet (mas que seja usável no dia-a-dia) e muitos amigos (parentes inclusos aqui). As paredes precisam ter cor de verdade - não gosto de tons pastéis ou apagadinhos - e muitas estantes tipo cristaleira pros meus livros e badulaques diversos.

PS: também ando tendo uma vontade esmagadora de ir morar sozinha, mas esse é outro assunto. O que estou quase fazendo é montar tipo um 'ateliê' lá na senzala (tb conhecida como casa amarela) pra jogar quando tiver vontade, pintar minhas garrafas sem ninguém reclamar, voltar a fazer cerâmica a toa e essas coisas assim...

PS2: não pode ter barata na minha casa! Ou que pelo menos sempre tenha quem as extermine e se encarregue de desovar o cadáver beeeem longe.

Fail Blog

Ótimo blog. Muito bom.


Mais aqui.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Alarme falso para o coração

Conheci alguém. Um cara, um rapaz. Em um momento em que eu menos deveria estar me preocupando com isso, quando tenho outras prioridades para cuidar. Mas enfim, fui pega de surpresa.

Bonito, sem ser óbvio, simpático, inteligente, bem humorado. Certamente tem defeitos escondidos por aí. Não deu tempo de eu os descobrir.

Rolou química. Dessas que não se explica. Papo rolou solto, pegada legítima, liberdade para eu ser besta e falar o que vinha à mente, tudo certo. Senti que este rapaz tinha potencial. Ele gostava mais ou menos das mesmas coisas que eu, quase o mesmo gosto musical, mesmo interesse em programas de tv e filmes, bem tranquilo, um tanto quieto demais.

Eventos pipocavam na cidade depois de nosso encontro, período depois que ficamos de papo no msn e eu fazia notas mentais "hmm, vou chamá-lo pra irmos neste festival de filmes" "Será que ele já comeu nesta creperia?" "Seria bacana checarmos X lugar, vou perguntar depois o que ele acha".

Afinal, por que quero um namorado? A questão é que gosto da companhia, do estar a dois, fazer as coisas como uma equipe, um casal, um time. Beijar na boca, ir ao cinema, jantar, contar as novidades do dia, mergulhar no outro, reclamar os problemas, ser suporte, receber suporte, correr pro abraço, surpreender com coisas simples, acampar, multiplicar os amigos, ensinar, aprender. Eu tenho muito a oferecer neste quesito, sou uma pessoa ligada nessas coisas: oferecer tanto à outra pessoa e esta (sendo não-egoísta) naturalmente devolve à sua maneira. Já encontrei muitas pessoas egoístas desse jeito, que sugam da gente o melhor que podemos doar. Estou cansada delas.

No fim minha ansiedade somou-se à agenda ocupada dele (com não-quero-pensar-o-que) e os sumiços dele culminaram no fim. Quanto tempo é o necessário pra pessoa contactar a outra? Dizer que está presente, que quer estar junto, fazer qualquer coisa, tudo e nada com a outra. Eu esperei um bocado, e pareceu uma eternidade. Quanto tempo você esperaria pra confirmar se o seu bilhete da Megasena é o premiado ou não? E depois disso quanto tempo pra notificar que é o vencedor? Sabe-se que há limite de tempo pra isso (90, 180 dias.. ). Se nem a Megasena espera.

Quando há uma certeza lá no fundo de que a pessoa pode ser a certa, o que fazer? Como mostrar pra esta pessoa que eu vejo desta forma? Como uma forte possibilidade. Eu estou aberta a conhecer, me relacionar, conferir se ele é a pessoa certa mesmo. Muitos outros encontros divertidos, com gostinho de quero mais. Se ele não quer tentar ver não posso obrigá-lo, forçar ele a ver.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Mudanças

Sou adepta a mudanças. Mas não todas. Não gosto do que chamo pontos elementares. Ou estruturais. A mudança estrutural da vez é minha casa.

Estabeleço vínculo. Anoto todos os detalhes, faço daquele pedaço de chão minha identidade, o lugar onde pertenço. Um belo dia é necessário arrancar as raízes e plantar noutro lugar. E esperar que as raízes "peguem". Heheheheh Quando começo uma analogia..

É como andar. Você firma um pé e só depois move o outro. Se um pé não estiver firme não tem como o outro ir também. Exemplo: Vide as videocassetadas das pessoas que devem correr sobre toras, dominós ou discos girantes sobre água (eu sei que já viram pelo menos um trechinho de Gugu/Faustão).


Pensamento positivo, certo?

Mudanças vem para o bem.

Há de se fazer limonadas.

Ou ver o lado cheio do copo.

Keep walking.

domingo, 24 de maio de 2009

Tempo de mudanças

Após breve intervalo de 20 anos na Asa Sul (ok, 2 no Guará), esta que vos fala voltará a morar no Cruzeiro Velho.

Escreveria mais a respeito, mas falta tempo. Com a alteração de telefone, instalação do pc (somado à minha esperteza de queimar o estabilizador do meu pc.. :(. Não perguntem..), organização do espaço físico etc e tal, enfim escrevo mais (e posto as fotos) assim que der.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

A prece

Deus sabe exatamente o que precisamos,

mas deve achar interessante observar o que a gente

pede ou diz durante uma oração.

Tudo gostoso

Ainda na temática de culinária indico o site que sempre busco receitas atualmente: Tudo gostoso.








Nele tenho meu perfil e livro de receitas cadastrado. A organização e a busca das receitas não é das melhores, mas com muito esforço e principalmente criatividade (preciso adivinhar os nomes das receitas ou em que categorias teriam colocado) é possível encontrar receitas das mais bacanas.

Tem o Top 10, das receitas mais visitadas e votadas (com cinco garfinhos), os destaques do mês.. além de que cada pessoa pode ir aumentando este enorme livro de receitas virtual.

O melhor são os comentários: pessoas que experimentam as receitas e comentam como fizeram pra mudar ou melhorar as receitas. São de grande ajuda. Meu famoso chilli vem de lá. Inclusive faz tempo que não o preparo. Algum domingão ei de fazê-lo novamente. E que venha o sal de frutas.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Paleta de cores para blogs

Que lindo!! Consegui resolver um antigo problema! Mudar a cor de fundo do meu blog. Sim, pequena vitória pro resto do mundo mas grande vitória pra mim.

Resolvi testar um antigo palpite de procurar na net e colocar nas configurações, layout etc. Não funcionou. Indo direto ao html do blog achei o ponto da cor e testei com as cores do site Efeitos Especiais.

Tudo certo agora. Menos uma coisa na minha cabeça. Mas a mudança da casa vem aí, em breve este blog será postado de outro endereço físico (droga, quando já começo a me acostumar com o endereço..).

Mas, por hora é só alegria. :)



--------------------
Atualizações:

- O carro, que ficariiiiia pronto por volta do sábado agora ou segunda agora diz que ficará pronto entre segunda ou terça. Ceerto.

- Cumpri a palavra e fui fazer a Batata Suíça no lar da Jana. No geral foi aprovado. Não sabem apreciar um prato fino! Não existe carne mal passada? Então, estas eram batatas mal passadas também. Ué!

domingo, 17 de maio de 2009

Velho corpo, nova vida

Doação de órgãos. Pra mim é tão simples, tão óbvio.

Sempre gostei da ideia. Sempre avisei que gostaria de ser doadora de órgãos, se vou morrer por que não ajudar 2, 3, 5 pessoas diferentes?

Ao ver o Fantástico de hoje, na série Transplante, o dom da vida, fiquei feliz de ver o assunto vindo à tona. Sou doadora de sangue também, B+, sempre que dá. :D Quem me conhece sabe o trabalho que dá. Acho que tenho algo chamado vasoconstrição. Já doei antes, mas das últimas vezes dá um nervoso, aí a adrenalina corre nas veias, os vasos se afinam (pra percorrer o tal do aviso "saia correndo urgente!") e às vezes quase que não. Vejo a tal da agulha, ela some. Vou doar, meu aparelho apita para todos saberem que não estou colaborando. Uma vergonha, há histórias sobre isso.

Nosso Hemocentro aqui já avisou que está precisando de doadores. Sempre, né. Cadê os AB e O? Há um esqueminha para lembrar quem doa pra quem.



Ou:










Sinceramente prefiro o esqueminha do jeito que eu aprendi (o segundo). Cada um doa pro seu grupo e pro outro na direção das setas.

Acho que um dia vi uma matéria sobre doadores de medula no DFTV. Falava que o cadastro nacional e a coleta de uma pequena amostra era no Hospital de Base, como representante em Brasília do REDOME - Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea do INCA - Instituto Nacional do Câncer. Uma dificuldade MUITO grande para conseguir ligar para eles, descobrir a salinha escondida deles e ir lá com as mesmas especificações da doação (ter dormido bem, não ingerido álcool, não comido/bebido leites e derivados etc.) e tal. Chegando lá perguntei porque não havia propaganda par este cadastro, a pessoa lá disse que ficou combinado do Hemocentro sempre avisar as pessoas. Afinal, se já vai tirar 450ml, porque não tira logo mais um tubinho (50ml ou algo parecido) pra exames específicos para doação de medula? Tão simples.

Acabei descobrindo como se faz. Se você for pré-selecionado é então chamado a fazer mais exames para ver se é um possível doador ou não. Caso seja eles retiram aqui mesmo (no Hospital de Base) e levam só sua contribuição para a pessoa que precisa. A gente deita numa maca, é feita uma punção na bacia (onde há grande quantidade) e é retirado uma quantidadezinha que não fará tanta falta ao organismo (como na doação de sangue, rim, fígado, pâncreas..). Dói um bocadinho, mas depois disso uma vida inteira será salva por isso. Alguns dias de recuperação e o doador está 100% novamente. Tem coisa mais simples?

Lembrando que pessoas sexualmente ativas (com camisinha, mas principalmente as sem camisinha) podem ter adquirido alguma DST e não saber, principalmente porque o tempo de incubação pode variar/demorar e em um primeiro exame de sangue não dar o resultado correto inicialmente. Estas pessoas precisam ter bastante cuidado (com si e com os outros que se relaciona também).

Então, a comunidade que participo no Orkut é: Sou um doador de órgãos.

E há algumas perguntas e respostas no site do Governo, no site do INCA (REDOME), no site do Dr. Dráuzio Varela, no site do AMEO (Associação da Medula Óssea)..


Ok, de volta ao programa. Ouvi o Dr. Dráuzio Varela dizendo que, no fim das contas, o problema não é dos doadores e que 78% das famílias querem doar. No fim das contas há "ausência de equipes treinadas qualificadas" para fazer os transplantes e "um coordenador de transplantes em cada UTI que se responsabilize" por fazer isso.

Uau.

Já ouvi dizer (em muitos programas e notícias) que, mesmo passando 5 anos na faculdade e muitos outros em residência, muitos estudantes não reconhecem muitos sintomas e procedimentos que poderiam salvar vidas. Parece impiedoso pois, se há a solução do problema como não utilizá-lo? Mas também, caber todo o conjunto de informações que já foi descoberto até hoje na cabeça de todos os médicos parece um tanto difícil. Definir o que é prioridade provavelmente vem dos diretores gerais de cada hospital, público ou não. O que digo é minha impressão de leiga sobre o assunto. Não é o tipo de conhecimento que costumam espalhar por aí, mesmo estando em uma "cidade grande".

Claro, porque não falar da falta de investimentos do governo (ou os nossos benditos impostos que se vão todo mês do suado salário para que sejam feitos estes tipos de coisa) e da CPMF, que ficou no ar por 11 anos - desde o FHC - e quando saiu quase não fez falta.

Este parece ser um problema sem solução aparente. Não deixaremos de ter corrupção tão cedo (hei de fazer um post a este respeito um dia) e por isso o dinheiro - mesmo que tirassem 90% do nosso salário - continuaria não bastando para custear as coisas que determinamos que representantes fariam por nós. Os de sempre: saúde, educação, transporte, segurança, igualdades em geral entre outros.

Mas deixo a dica: nós temos os representantes que merecemos. Vale a reflexão.

Ah, e eu fiz este cartão de graça (pelo site do BOS).







SERVIÇO:

Fundação Hemocentro de Brasília
SMHN Qd 3 Bl A T s/n T
Brasília - DF, 70.710-904
0xx61 3327-4424


Hospital de Base de Brasília
SMHS - Area Especial I, quadra 01
Asa Norte - Brasília - DF
CEP: 70330-150
Tel.: (61) 3325-5055 / (61) 3325-4800 / (61) 3325-4633 /(61) 3325-4677


Banco de Olhos de Sorocaba
0800 770 3311

----------------
P.S.: Contribuição da Morgana, fiel leitora: Site da Saúde.gov.