domingo, 28 de fevereiro de 2010

Bons tempos da TCO

Tive meu primeiro celular em 2001. Entrando na UnB, querendo me comunicar com família e novos amigos. Ganhei o melhor celulinha que tive por muito tempo: Nokia 6021.

O celular caía das minhas mãos sempre que podia, nunca tive um problema com ele. O celular tinha o jogo da cobrinha (do qual eu era nível profissional já, nos tempos que o jogo não tinha as viadagens dos celulares de hoje em dia com o Snake II). O bichinho era pré-pago, mas rendia que era uma beleza e atendia a toooodas minhas necessidades de comunicação.

Vivi feliz com meu TCO até o dia que foi comprado e virou Vivo. Me convenceram a fazer uma conta pós-paga e garantiram que minhas necessidades comunicacionais (ou comunicativas?) seriam igualmente atendidas. Tolinha.. Eu deveria pagar tipo R$10,00 na época e depois que fui pra pós-paga paguei contas de $100,00 e tantos reais. Quase fui a loucura. Imagine: eu, pobre estagiária pagando essas contas inimagináveis.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Gifs animados






Post para uma certa pessoa mostrando que não.. realmente não é difícil incluir um gif no blog da gente.

1° Botão direito no gif, clicar em Copiar endereço da imagem

2° Copiar endereço da imagem

3° Ir em Inserir fotos e inserir este endereço da imagem

4° Criar o post normal

5° Publicar

Crédito da Imagem: Post do blog Fottus.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Piri piri

Então, para não passar batido:

Fui a Pirenopólis. 140 divertidos quilômetros dirigindo de cá pra lá. Ouvi dizer que lá teria marchinhas de carnaval e não porralocagem. Eu e minha mãe. Chan não pode ir, infelizmente. Fomos segunda-feira. O que a gente não faz pra evitar o carnaval em Brasília..

Chegamos 12h. Tudo quanto era pousada estava sem quartos disponíveis, ou pelo menos foi o que pensamos. Pegamos logo um e eventualmetne descobrimos que haviam muitos outros peixes no mar.

Como não ser enganado nas eleições

1. Tem solução para todos os problemas e, pior, tenta provar que há recursos, e que é possível resolvê-los se for eleito;

2. diz que vai realizar mais obras e prestar mais serviços (aumentar as despesas) e, ao mesmo tempo, afirma que vai reduzir impostos, ou mesmo que não vai aumentá-los;

3. gasta mais tempo em criticar os adversários e as propostas deles do que na defesa de suas próprias idéias;...

5. é incapaz de responder objetivamente a uma pergunta clara e direta ou, ao ser questionado sobre um fato polêmico ou tema embaraçoso, finge que responde; divaga sem chegar à conclusão; ou muda de assunto e responde outra coisa, insultando a inteligência de quem pergunta e de quem assiste ao diálogo;

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Carnaval e a camisola

Este ano até que não está tão ruim. O Ministério da Saúde está tentando alcançar o grande grupo de risco de DSTs e AIDS neste carnaval com uma campanha interessante.

Interessante, digo, na escolha das cores, diretas mensagens simples e claras.

O site da campanha é o Use sempre com o mote O que você fizer eu tô dentro.

Há muita informação no site além de boas ferramentas para espalhar esta ideia: no facebook, orkut, twitter, youtube etc. Tudo a um click de distância, eles facilitam mesmo.

No meu caso eu verei se me entendo com o selo da campanha.

Então é isso. Divirtam-se. E lembrem-se que o carnaval passa, as consequências não.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Músicas infantis

Por Jana (sem H).
Acho que somos a primeira geração (galera que nasceu nos anos 80) que teve músicas especialmente feitas para crianças (tipo público-alvo mesmo, porque cantiga de roda e etc sempre existiram).

O maior exponte foi a Xuxa e começou nos anos 80, Trem da Alegria, Balão Mágico e desenhos animados também não existiam antes disso.

Como será que a essa geração vê as novas músicas infantis? Será que mostram as antigas pros seus filhotes (só as boas né)? Será que eles gostam?

Deu até vontade de pesquisar isso com as amigas que já tem filhos. Dava até um trabalho de facul interessante (sobre transmissão da cultura popular).

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Em 2010...

Por Jana (sem H).

Bom... o ano começou muito interessante pra mim. Iria começar de verdade no novo processo onde fui alocada (foram uns quatro meses entre transição e treinamento) depois de séculos cuidando da Gestão do Acervo. Aí fui nomeada em um concurso que eu não tinha mais esperança. Pedi demissão correndo (quanta burocracia, ainda não resolvi meu FGTS) e comecei a trabalhar ontem como servidora. Ainda estou no rodízio (todo mundo tem que passar por todos os setores da BCE antes de se fixar em algum lugar) e nem sei quando é meu plantão.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Testando, testando

Pessoas queridas,

Quem leu e se exaltou já, estou bem. Ignorem o outro post postado a pouco. Post non sense.


A direção.